Primeiro ataque de Pânico

Hoje, como primeira postagem, gostaria de falar sobre uma experiencia assustadora que eu tive a alguns dias atrás, usando também desse meio para pedir opiniões e conhecimento sobre o que me ocorreu, vindo dos leitores, pra que eu possa entender melhor.
Por volta das 18 horas eu estava a cozinhar minha janta, ouvindo música e conversando sobre algo sério com uma amiga, quando notei que não estava mais conseguindo digitar direito pois meus dedos tremiam de uma maneira absurda em que era impossível acertar a letra a qual eu queria teclar, em pouco tempo um medo absurdo tomou conta do meu corpo, como se eu estivesse me cobrindo com algum ''lençol feito de medo'', minha respiração era quase nula e meu coração batia com tal velocidade e força que era como se fosse estourar minha pele e pular do meu peito,


Mandei mensagem pra um amigo, explicando em poucos e erradas palavras, o que estava acontecendo comigo naquele momento, sentei e enquanto o esperava fiz exercícios de respiração para me acalmar.
Quando ele chegou uma sensação de alivio tomou conta de mim, pois eu sabia que não estava sozinha, porém a vontade de chorar e a falta de ar agora eram maiores. Por pelo menos 20 minutos ele me abraçou e tentou me acalmar, enquanto me ouvia chorar desesperadamente, ''sem motivo'', enquanto dizia não saber como lidar com a situação mas que iria estar ao meu lado tentando ajudar.

Como ele tinha compromisso, mandamos mensagem a uma segunda pessoa, uma vizinha, amiga minha, para que ela ficasse comigo até ele voltar e me levar pra dormir na casa dele com todas as outras pessoas que lá moram pra que eu me sentisse em paz e não ficasse sozinha para fazer qualquer besteira contra mim mesma.

Quando ela chegou fez de tudo pra que eu me sentisse em paz, me ajudou a jantar, que era o que eu estava preparando ao início e colocou uma série de comédia pra que eu me distraísse.
Esse vídeo a seguir retrata perfeitamente como me senti:



Ao fim, fui pra casa do meu amigo quando todo esse tumulto que ocorria dentro de mim passou, porém a falta de ar continuou por mais um tempo e uma dor na região do abdômen ficou até o dia seguinte.

Essa foi minha ''experiência'' de um, digamos que, fraco ataque de pânico que eu tive e consegui controlar, foi o primeiro e espero que único, vale lembrar que na época do ocorrido eu estava em crise na depressão, estando mais vulnerável a esse tipo de coisa, mas isso fica pra uma outra postagem.

Separei alguns links para melhor conhecimento sobre ataques de pânico e sobre como lidar quando alguém por perto estiver passando por isso:


http://www.cuidadosmil.com.br/artigos/mantenha-a-calma-como-lidar-com-a-crise-de-panico.html
https://www.clinicadamente.com/como-ajudar-alguem-com-ataques-de-panico/

Espero ter ajudado caso alguém tenha passado por algo semelhante e não saiba o que era ou o porque de ter acontecido.
Beijos e até a próxima.



Share this:

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário